quinta-feira, 7 de março de 2013

Novas Atitudes

Faz algum tempo que não postava nada, mas agora sou obrigada a mudar o foco na internet, preciso  desconectar das redes sócias, para poder me dedicar a pesquisa e elaboração do meu trabalho de conclusão do curso de Publicidade, volto a escrever no meu diário online.
Apesar de continuar com as redes, vou evitar a distração que elas provocam, e aqui neste espaço vou manter minha essência através de postagens para aguentar a abstinência social e virtual até o final do ano.
Este canal vai deixar atualizado todos meus amigos virtuais e pessoas queridas, mas aquelas que fazem parte da minha vida e sentem a minha falta, peço que estejam presente , que estejam do meu lado, que me liguem, que me procurem, que me arranquem dos livros de vez em quando, me convidem para ir ao cinema ou apenas para dar uma volta e esparecer,
Sempre busquei estar com meus amigos, mas este é momento que mais preciso da busca e contato deles.
Agora vamos a postagem, mesmo que esteja focada só nos estudos, lá no fundo bem escondida esta a romântica e sonhadora.

No silencio da madrugada...
Há qualquer coisa que não compreendo...
Anseios de carinho, desejos de amar...
Sonhos emocionados, poemas de amor inacabados.
No silencio da madrugada
Os pensamentos são deuses... heróis... bandidos
aprisionados no tempo...
No silencio... uma voz doce burla encantadora
dos queixumes de minha razão...
É a esperança...
sussurrando ao meu coração...
que você... em algum lugar... também espera...
A minha madrugada passar...

"Arte vida"


Talvez você já esteja do meu lado, talvez não...
Talvez demore um ano, talvez não....
Talvez seja passageiro, talvez não...
Talvez...
"Naia"

2 comentários:

Simoní disse...

Naiana querida, há quanto tempo....buscando meus poemas na internet, da época que fazia teatro e pintava cartões...eis que encontro o meu preferido no teu blog...uma maravilhosa surpresa...ainda mais com a foto de um cartão que eu mesma pintei...7 anos de Caixa me deixaram um pouquinho mais dura..pero sin perder la ternura jamas...Um beijo amiga! Simoní(lembra...do Diário Catarinense)

Simoní disse...

Naiana querida, há quanto tempo....buscando meus poemas na internet, da época que fazia teatro e pintava cartões...eis que encontro o meu preferido no teu blog...uma maravilhosa surpresa...ainda mais com a foto de um cartão que eu mesma pintei...7 anos de Caixa me deixaram um pouquinho mais dura..pero sin perder la ternura jamas...Um beijo amiga! Simoní(lembra...do Diário Catarinense)